Multi pertransibunt et augebitur scientia (Muitos passarão, e o conhecimento aumentará).

domingo, 27 de julho de 2014

LOJAS E CAPÍTULOS SÃO FOCOS DE LUZ ESPIRITUAL

por Mario Sales, FRC e SI




Lojas e capítulos rosacruzes são centros de irradiação de vibrações positivas para toda a humanidade e por isso, lugares santificados.
Deles esta irradiação, acreditamos, emana para toa a cidade aonde estão situados e tanto maior é a sua influência quanto melhor é a harmonia deste corpo afiliado.
Existe pois um papel cármico positivo, em parte ativo, em outra parte passivo, do trabalho em capítulo regular e ininterrupto pelos membros da comu8nidade rosacruz local.
Toda vez que nos reunimos em espírito de fraternidade, emitimos nossos sons vocálicos, magnetizamos o templo e expandimos nossa mente com o concurso de uma meditação focada e intensificada pelas palavras do mestre que conduz a convocação, representante no drama ritualístico da sabedoria que emana do Leste para todos os rosacruzes, estamos construindo uma estrutura vibracional que como um gênio da lâmpada sai do ambiente físico do templo e vai desencadear efeitos benéficos em todas as regiões próximas ou distantes.
No momento em que abrimos o ritual, milhares de corpos afiliados estão fazendo o mesmo e a eles nos somamos em um trabalho místico e esotérico de construção de um mundo mentalmente melhor e mais harmônico.
É comum ouvirmos que as coisas do Mal avançam e que o mundo está infestado de crueldade e tristeza, de forma que aparentemente as trevas avançam sem oposição.
Isto é falso. Se existe uma coisa que pode ser atribuída às trevas, neste confronto entre a Luz e a Sombra mundial ininterrupto como uma característica peculiar sua é a qualidade da sua propaganda.
As Trevas são barulhentas e procuram sempre chamar nossa atenção com balbúrdia e espetáculo, de forma a que sua presença pareça maior do que realmente é.
Já a Luz, pela natureza sutil e suave, porém eficaz de sua ação, é sempre silenciosa e discreta.
“Aprendi que o alarde não faz bem, e que o Bem não faz alarde” lembrava Saint Martin.
A Luz age de modo secreto e discreto.
Não se manifesta externamente, mas internamente; não nos avisa de sua chegada, mas nos invade sem permissão, e nos alimenta e sustenta, todos os dias, todos os minutos.
O trabalho da Luz Espiritual é ininterrupto e mantém, com sua ação, o equilíbrio das polaridades na Criação, que é dual em natureza, como ensina a tradição rosacruciana.
Por isso existe, em alguns indivíduos, esta falsa impressão de que o Mal avance sem controle, o que reflete apenas a balbúrdia que o próprio Mal faz ao se manifestar.
São sons de um instrumento oco, que mais incomodam do que causam dano, que provocam um distúrbio no campo magnético da realidade, e que na verdade não determinam alterações permanentes ou significativas no padrão energético do mundo que deve ser, como é, permanentemente equilibrado para que a própria criação exista como exista, com uma ligeira tendência ao Bem, de forma que a Vida Manifesta seja sempre um palco de evolução e progresso.
Não existe área de escuridão que não esteja devidamente equilibrada por uma área de luz, esta é a lei.
E os corpos afiliados rosacruzes são focos irradiadores desta energia luminosa que participa com outras fontes do equilíbrio da vibração da Criação em toda a face da Terra.
Cada membro rosacruz que comparece ao templo, cada frater ou sóror que deixa o seu lar terreno e vem a este lar espiritual prestar seu tributo às forças do Bem, participa num esforço concentrado de magnetização da cidade aonde este corpo está, fortalecendo sua aura e melhorando sua qualidade espiritual.
Para isso, nenhum esforço físico especial é necessário.
Tudo que precisamos é abrir nossas mentes e permitir que a força de Deus flua por nós em direção aqueles que Dela necessitam, como beneficia a nós mesmos apenas por Sua sublime passagem por nosso ser.
Para isto é necessário que durante a ritualística não estejamos presentes como indivíduos, mas que afastemos o Ego temporariamente, para que o fluxo da Luz Divina seja mais pleno e eficiente.
Afastar o Ego não é uma virtude mas uma técnica. Consiste em sair da frente do fluxo de Luz e garantir um movimento sem obstruções desta Sagrada Energia.
Somos canais, apenas canais, por onde a Energia de Deus flui e a qual fluirá muito melhor se não atrapalharmos este fluxo com a Ilusão de que somos algo diferente, separados ou opostos a ela. Perceber, não a semelhança entre nós mesmos e a Luz, mas que somos a mesma Luz refletida, como um raio de sol que bate em um cristal e se desvia ou manifesta um padrão de cor semelhante ao arco-íris, pela refração, é entender que Deus e nós somos apenas Uma e a mesma coisa. Não estamos na Terra para sofrer, mas para representar a presença de Deus na Criação. Somos seus agentes divinos e, portanto, extensões de seu Sagrado Corpo.
A Ordem Rosacruz é uma Escola da Memória uma vez que existe para relembrar a todos algo que todos sabem, mas que devido a situação peculiar da vida na matéria , estão temporariamente esquecidos, e isto, que relembraremos na prática rosacruz é que não somos seres criados por Deus mas somos o próprio Deus manifesto.
Não devemos nos esquecer disto em nenhum momento e devemos lutar bravamente para nos recordar de nossa herança divina e natureza luminosa, independente daqueles que, como representantes das Trevas, tentam, dia após dia, nos convencer de que somos impuros, imperfeitos, limitados e pecaminosos.
Nosso destino é a Luz, nossa natureza íntima é Luminosa, nosso aspecto mais profundo é Luminoso.
Somos Deus manifesto, repito, não suas criaturas como a religião ensinou, mas o próprio ser, encarnado, como nos lembra o Evangelho em João 10:30 e 17:22 (Eu e o Pai somos um...E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um.)
Assumamos com alegria e convicção nosso papel como irradiadores, não da Luz que temos, mas da Luz que somos, nesta cidade em que estamos, e que abençoamos com nossa presença e exercícios místicos repetidamente em nossas ritualísticas, semana a pós semana, contrabalançando com nossas preces e existências, em silêncio, o equilíbrio entre Luz e Trevas nesta comunidade.
E se for da Vontade do Cósmico e dos Mestres, assim será.