Multi pertransibunt et augebitur scientia (Muitos passarão, e o conhecimento aumentará).

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

A PAZ DO NADA

Por Mario Sales


Quanta calma
TEM uma alma
sem apegos ,
medos ,
Emoções .


Correntes sem Alma
Ancoras ,
Paixões .

Paixões dez Não Limites
Nem Trajetos ,
tolices tão ,


Anda tonta ,
Cheia de Lágrimas
Lembranças ,
danças ,
bailados ,
Flutuações .




Será , no entanto,
Que Seja buscamos ISTO QUE?
Queremos ,
almejamos ?
A paz do nada ?
Calada,
sem ruídos ,
Canções ?


Diz o zen Que uma PAZ E o Nada
E nada Neste
Devemos mergulhar
Nadar sem nada
Nadear .


A Vida , no entanto,
Não É nada .
É plenitude ,
Não Vazio .




É o amigo
esguio OU gordo,
Sorriso UM,
Gratidão ,
afeto ,
Sentimento :
Vínculos ,
encantamento .

Ligações ,
transitórias Embora,
preciosas ,
valiosas
plenas de Consciência
Experiência e.



Evoluir É Integrar
Vazio e Plenitude,
Amar
Uma ilusão , o fictício ,
Como amamos o Teatro e suas Máscaras
Mesmo Sabendo-o Uma farsa .

Até a mentira  ter pode função.
A beleza está na correta Contemplação
Contemplação Consciente.


Mais :
Na Consciência ,
Não no nada ,
reside a Verdadeira paz .