Multi pertransibunt et augebitur scientia (Muitos passarão, e o conhecimento aumentará).

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

ANÁLISE DO SÍMBOLO DA CAPA DO TRAITE DE LA REINTEGRATION DES ETRES DANS LEURS PREMIERES PROPRIETES, VERTUS ET PUISSANCE SPIRITUELLES ET DIVINES : ALGUNS COMENTÁRIOS ADICIONAIS.


Por  Mario Sales, F.R.C.:,S.:I.:, M.:M.:



Trabalhei na última hora sobre o símbolo da Capa do Tratado da Reintegração, tentando encontrar fundamentação para a interpretação que publicamos aqui alguns dias atrás.
Para minha satisfação, a fundamentação está dentro do próprio tratado.
Para a explicação das órbitas, quem quiser poderá conferir à página 286 da 1ª edição brasileira de abril de 2007, o parágrafo 217. Ali o próprio Martinéz, pela boca de Moisés, descreve as órbitas dos sete planetas.
Já para a expressão H A N I M E, que está no centro do círculo, havia um certo desconforto pela presença do H., junto com a palavra Alma, em grego.
Fico feliz em desfazer este desconforto.
O H , no tratado, é uma letra da maior importância já que é a letra inicial de um personagem fundamental para Pasqually, segundo a descrição de Robert Amadou, em seu erudito ensaio no início do livro, à página 29 , mesma edição.
H é a inicial de Hely, nome pelo qual Martinez de Pasqually designa o Cristo.
Estes são os esclarecimentos adicionais que gostaria de registrar.