Multi pertransibunt et augebitur scientia (Muitos passarão, e o conhecimento aumentará).

sábado, 9 de outubro de 2010

PHYSYS

por Mario Sales, FRC.: ,SI.:, M.: M.:

abril 1994

 

Nós místicos de muitas eras
como todos os outros antes de nós

dedicamo-nos ,permanentemente, a desenvolver o dom.
Alguns de nós aperfeiçoam as viagens no tempo
e há aqueles que desenvolvem os dons da cura.

A mim foi dado o dom de perceber as verdades atrás dos silêncios
e de conhecer o que vai oculto nas almas dos homens.
Alguns de nós se purificam pela fé
e outros fazem de suas auras escudos impenetráveis contra o mal.
A mim foi dado o dom de ouvir pedidos velados de auxílio
e de acudir aqueles que apenas tartamudeiam suas dores.

A mim foi dada a missão de veicular com palavras os discursos do Karma
e de transformar em textos os herméticos sons do coração.


Traduzir,é isto que faço.


Transformo sofrimento em adjetivos,
dores em substantivos,
frustrações em interjeições.
Uns lêem cartas ,búzios ou copos de água;
outros lêem estrelas.
A mim foi dado o dom de ler os olhos e as contrações
de uma face aflita.


Nós,místicos de muitas eras,temos
cada um ao seu modo,
motivos e funções para nossa existência.


Somos os instrumentos.


Dentre êstes,sou a agulha que lê o disco,
o programa que interpreta,
automático,
as informações nervosas e variadas
que penetram pelas mãos,
tensas,
de quem as digita.


Sou o tradutor.